/ TEIA19 // '#6

Prima Terça - Metamorfoses em Sena

Apoie os artistas





METAMORFOSES EM SENA apresenta alguns poemas de Jorge de Sena publicados em 1963 (com um acrescento posterior), no conjunto “Metamorfoses, seguidas de Quatro Sonetos a Afrodite Anadiómena”.

Estes poemas são aquilo a que o autor chamou de “repercussões poéticas” a partir de um estímulo concreto: um quadro, uma fotografia, uma escultura, ou maravilhas arquitectónicas como o mosteiro de Alcobaça ou a mesquita de Córdova. Num caso concreto, essa repercussão provém da perda de um Amigo (a morte de José Blanc de Portugal). De resto, a presença da morte, “domina, com efeito, a maioria dos poemas”, e “não será seguro dizer que a morte não está implícita neles todos”, explicitou Jorge de Sena.

A sessão conta com André Gago (voz, flauta e piano) e José Anjos (voz e guitarra eléctrica), e o apoio técnico de Ana Zivick.